O Prémio Nacional de Artesanato tem como finalidade atribuir reconhecimento institucional, ao mais alto nível, aos percursos e atuações geralmente reconhecidos como excelentes e exemplares em matéria de artes e ofícios, impulsionando assim o desenvolvimento e a competitividade das microempresas artesanais, incentivando a qualidade, a inovação, o design e a capacidade de adaptação ao mercado.

O objetivo específico desta iniciativa é incentivar a produção artesanal, nas suas vertentes tradicional e contemporânea, distinguindo os artesãos portugueses, privilegiando as suas competências técnicas e profissionais, bem como a sua capacidade estética.

A um nível mais amplo e integrado, este incentivo à produção artesanal pode e deve desdobrar-se num conjunto diversificado de aspetos, como sejam: reconhecer os méritos dos artesãos e das respetivas unidades produtivas artesanais que se destaquem pela qualidade dos seus produtos, pela adaptação ao mercado e capacidade de inovação, conservando em simultâneo as características que os definem e diferenciam como artesanais; distinguir e incentivar o empreendedorismo e o aparecimento de novos talentos; incentivar a investigação em domínios relacionados com as artes e ofícios; reconhecer o trabalho de instituições e organismos públicos e privados, cuja intervenção contribui decisivamente para o desenvolvimento e qualificação do setor.

Integrando áreas de atividade como a produção de objetos de carácter utilitário, decorativo ou artístico, quer se trate de artesanato tradicional quer contemporâneo, o restauro de bens comuns ou de património móvel e integrado, as artes e ofícios ligados à construção tradicional, ou ainda a produção e confeção artesanal de bens alimentares, este setor constitui, inegavelmente, um importante recurso para  a economia, para o desenvolvimento das comunidades e para o emprego.

O Prémio Nacional do Artesanato é um meio eficaz de conseguir o reconhecimento social e mediático que estas atividades merecem, dando a maior visibilidade às boas práticas que existem entre os artesãos, as empresas e as instituições ligadas ao setor e potenciando as sinergias com outros setores de prestígio.

Este revela-se como mais uma oportunidade de participar num evento que decerto me irá possibilitar grande entusiasmo e satisfação, mas também grande esforço e empenho, por forma a que o projeto Ideias do Coração e, em concreto, o artesanato de minha autoria venha a obter mais reconhecimento a nível nacional.

Mãos à obra…