Palácio Nacional de Queluz

29 de Julho a 1 Agosto 2010
16 a 18 de Setembro 2011

Tendo como pano de fundo o Palácio Nacional de Queluz, as Feiras Setecentistas consistiram numa recriação típica de um mercado do reinado de D. Maria I.

Tudo acontecia no período áureo do Palácio de Queluz e procurava-se recriar artes e ofícios antigos, como o ferreiro, o Mestre/Alfaiate, o Barbeiro/Boticário, fazendo também parte artesãos e comerciantes que contribuiam para o ambiente mágico recriado.

A animação era permanente e constante por todo o recinto do Largo do Palácio de Queluz.

Ao início da noite podia-se assistir aos espectáculos musicais nocturnos e ao teatro de D. Robertos.

Estas recriações históricas que proporcionaram à comunidade local e aos visitantes uma autêntica “viagem no tempo”, ofereceram também experiências muito gratificantes, com vendas muito razoáveis e um ambiente muito acolhedor. Ficarão para sempre na minha memória estas duas Feiras de Época, e claro que espero participar mais vezes nos próximos anos.