I Volume da Antologia da Poesia Livre

Quem me conhece minimamente, sabe que para além das atividades artísticas e culturais que são a minha grande paixão, tenho um prazer enorme em escrever, seja na minha atividade profissional, seja nos meus tempos livres.

Chego até a ficar um pouco constrangida e incomodada com os intermináveis textos e mensagens que escrevo e transmito através dos mais recentes meios de comunicação que temos ao nosso alcance, como sejam, os e-mails, o facebook , os blogues… Começo logo pela manhã a escrever para alguém ou sobre algum tema em particular e o desejo de não mais terminar é imenso…

Vão poder constatar isto mesmo, justamente neste texto, onde faço questão de afirmar que escrever Poesia, nunca foi o meu forte. Uma coisa é escrever um verso, uma quadra bem simples e pequenina, outra coisa é exprimir em palavras e, em forma de Poema, um determinado tema, seja ele qual for.

Nunca tinha tentado… mas confesso que não resisti a mais um desafio da Chiado Editora, para escrever um Poema sobre a “LIBERDADE”, a fim de constar do I Volume da Antologia da Poesia Livre, com a chancela desta Editora que começa a ser muito familiar para mim.

Esforcei-me…escrevi… e não é que mais uma vez um texto meu foi selecionado?

Agora perguntam vocês, mas a que tipo de Liberdade se refere essa obra? Pois perguntam bem, porque também não sei e eles também não fizeram questão de mencionar, ou seja, tivemos total Liberdade para escrever sobre esta palavra. Como a obra será lançada no dia 13 de Abril, será que tem a ver com alguma LIBERDADE conquistada com a Revolução de Abril?

Essa foi logo a primeira ideia que me ocorreu, mas a verdade, é que o meu Poema não faz essa reflexão, pois o que importa é a nossa criatividade…

A LIBERDADE é o bem mais inestimável da democracia, mas também o mais vulnerável e o mais frágil – porque é aquele que não tem preço.

A LIBERDADE traduz-se, no dia-a-dia, em várias liberdades: de escrever, de falar, de nos organizar-mos, de protestar, de apoiar, de votar, etc…

A LIBERDADE é respeitar as próprias escolhas e o limite dos outros!

A LIBERDADE é poder ler um livro num banco de um jardim…

Aqui fica o Convite da Chiado Editora para o Lançamento do I Volume da Antologia da Poesia Livre, intitulada “LIBERDADE” e que mais uma vez irá realizar-se num dos espaços mais bonitos da Cidade de Lisboa, o Pestana Palace Hotel, no dia 13 de Abril, pelas 15h30.

Estão todos convidados a marcar presença em mais este evento de âmbito cultural e desfrutem do local, esperando que esteja um lindo dia de Sol Primaveril, para registar o momento em fotografia … com total LIBERDADE e muita FELICIDADE!

 

,