Recordações de Sintra

Se há paragem no mundo que mereça a designação de terra encantada, é Sintra certamente.

Situada na vertente norte da sua Serra, ocupa uma posição encantadora e é uma das mais magestosas e gloriosas vilas de Portugal.
Ao longo dos séculos, Sintra foi enaltecida por famosos escritores, entre os quais é justo destacar Lord Byron, o primeiro e genial turista, cujos versos atrairam a este “glorioso Eden” numerosos pintores que depois espalharam os encantos de Sintra pelo mundo.

Oh! Em que variedade labirinto de montes e vales surge o glorioso Eden de Sintra!
Ai de mim! Qual a pena ou pincel que reproduzir pode metade, sequer, das suas belezas!

Lord Byron

Sintra é um lugar para se sentir.
É um lugar com espírito, um lugar com muitos mistérios. A paisagem, as lendas, as tradições, o seu povo peculiar, e todo um misticismo indescritivel fazem de Sintra o Glorioso Éden.

Sintra é, justamente, um dos lugares de eleição do meu coração. Majestosa e pitoresca, transparece uma harmonia e exuberância ao qual se alia um panorama ambiental e artístico ao qual é impossível ficar indiferente.

Oferecendo cenários contrastantes que se sucedem ao longo de caminhos sinuosos por entre ruínas, castelos, palácios, quintas, parques, cascatas e lagos, ostenta uma requintada beleza que faz as delícias de qualquer visitante.

Residente no Concelho de Sintra, é sempre com muito prazer, grande satisfação e natural entusiasmo que visito regularmente esta Vila.
Foi pela paixão e admiração que nutro por Sintra que criei a temática “Recordações de Sintra” que tem como principal objetivo, o de colocar ao alcance de todos os interessados, sejam residentes no país ou turistas, peças que “honram” o seu vasto e rico património histórico, arquitectónico, artístico e cultural.

Esta foi a forma que encontrei de exteriorizar o quanto admiro as suas belezas e o laço que me liga a este concelho, demonstrando através do meu artesanato que é possível criar um conceito de arte e de artesanto diferenciador.

Com uma decoração pretenciosa, cada peça exibe o nome das suas preciosas relíquias, centralizadas na área geográfica abrangida na classificação de Sintra como Património Cultural. Aliando elementos e aplicações que pretendem identificar-se com cada edifício, seja na cor do tecido, seja na aplicação dos pormenores, nascem peças sugestivas, com caraterísticas muito específicas que poderão despertar o interesse de quem pretende adquirir uma Recordação de Sintra.

Para além de almofadas decorativas tem também a possibilidade de adquirir os saquinhos que exibem tecidos que nos remetem para ambientes palacianos e que poderá ofertar com doces, sabonetes ou um coração e que apresentam-se como uma alternativa ao tradicional embrulho em papel.

Pretende-se que sejam presentes originais e modernos que reinventam o artesanato tradicional português, com elegância e um gosto minucioso que pretende transmitir valores, despertar memórias e interagir com a modernidade.

Fica aqui o convite a desafiar o projeto Ideias do Coração a produzir outras peças que exibam outras maravilhas da Vila ou que dê a conhecer o que escreveram alguns vultos célebres do passado.

“Proclamarei Sintra o mais belo sítio de todos os sítios da terra”
Princípe Zichmoscki

“SINTRA – A mais deliciosa vista formando um Verdadeiro Jardim”
Pinho Leal

“Vale a pena vir a Portugal só por causa de Sintra”
“… tudo em Sintra é divino. Não há cantinho que não seja um poema…”

Eça de Queirós
Os Maias

A mostrar 1–11 de 13 resultados